Para realizares os teus sonhos primeiro precisas acordar.

Posted On Sep 22, 2022 |

Na vivência da incerteza estimulas a criatividade, respirando liberdade e de pulmões abertos ao campo de todas as possibilidades.

Tomares consciência do caminho já feito para valorizares tudo o que te permitiu tornares-te na pessoa que estás ainda a descobrir que és.

Aceitares que tudo tem um tempo divino para acontecer e que se não aconteceu como querias, confia que aconteceu como precisavas.

Aprende com todos os momentos que a vida te proporciona sim, porém, escolhe rechear o teu coração apenas com aqueles que te iluminaram e fizeram sorrir; dos outros, os mais duros, acolhe e íntegra apenas a aprendizagem e liberta-te.

Isso traz-te leveza e o pouco tempo que aqui nos é entregue para vivermos não mereces que seja pesado, escolhe bem.

Isso permite-te acordares para o que podes fazer agora, o que depende de ti e está ao alcance para pores em movimento e dares forma e vida aos teus sonhos para que passem a ser realidade, um pequeno passo de cada vez.

Compreende que a segurança a que te agarras é tão temporária quanto ilusória e que a sabedoria encontras no abraçar da incerteza.

Porque a segurança essa está no passado, na ligação ao que é conhecido e que se torna a zona de conforto, onde não há evolução somente estagnação, entropia e decadência lenta ditada pela constante repetição. "Tornamo-nos vítimas do passado - aquilo que vivemos ontem é o que nos atormenta hoje."

Na vivência da incerteza estimulas a criatividade, respirando liberdade e de pulmões abertos ao campo de todas as possibilidades, contemplas em cada momento da tua vida, no presente, a alegria de viver, a gratidão, a magia, celebração e o vibrar da tua essência.

Percebes que o teu coração é o teu mestre que te guia e que acedes às suas mensagens pela porta interior da quietude, através do silêncio. Daí a importância do silêncio no teu dia.

Depois de vários degraus conquistados, sobes mais alguns quando entendes também que só podes ajudar quem quer ser ajudado, por muito amor que nutras pela pessoa ou pessoas a quem queres dar a tua mão, se ela não fizer a sua parte do caminho até ti e o pedido de ajuda não partir da própria, só te vais drenar, magoar e desfocar.

Da mesma forma que tu só te levantaste das vezes em que caiste, depois de reconheceres que és merecedora, és suficiente, tens valor e que podes escolher deixar ir o que te fez mal, perdoares e perdoares-te porque na realidade, está tudo bem sempre e é na humildade e no assumir da tua vulnerabilidade que sentes e entendes que tudo está efetivamente certo.

Faz a tua parte sim, partilha o teu amor, ilumina com o teu sorriso, aquece com a tua alegria e inspira pelo teu exemplo.

E acima de tudo, respeita-te, não te permitas andar para trás no teu caminho só porque alguém escolhe atacar-te para se defender.

Entende só que não vale a pena demorares-te onde a postura predominante é parir um problema para cada solução ou um resignado "sempre foi assim", misturado com "eu não consigo" persistentemente. Tudo isto são justificações facilmente compreendidas porque todos temos o nosso tempo e o nosso ritmo, é de respeitar o nosso e o de cada um.

Não exijas nem te humilhes. Não te limites à visão parametrizada de outros, que terão também eles o teu tempo de crescimento. Aceita que também eles fazem as suas escolhas e essas decisões só tem a ver com eles, não contigo.

Tu és como és, única, único e livre.

Foca a tua atenção naquilo que queres realizar e como queres servir o teu propósito nesta vida.

Coloca no mundo as tuas intenções e sonhos através dos teus pensamentos, emoções e ações. 
Começa hoje.

Permite-te Sentir e Evoluir 🌱

Inspira paz
Expira amor
Irradia Luz

Abraço-te com amor,
Sofia